Saiba como Vender Beats na Internet sendo Beatmaker

O guia definitivo para vender beats online



O guia mais completo e completo para vender batidas online. Aprenda o que é preciso para crescer um negócio de vendas de batida para 6 dígitos por ano.


Fuja do trabalho convencional. Faça o que você ama. Passe seus dias no estúdio criando música. Tire o dia de folga e faça seu próprio horário. Seja pago quando estiver relaxando com seus amigos e familiares. E receba o pagamento, mesmo quando estiver dormindo.


Isso não é um sonho. Essa é a realidade. Eu sei, porque estou vivendo esse estilo de vida.


E centenas de outros produtores também.


Para começar, você não precisa de uma equipe. Você não precisa de um gerente. Você nem precisa de muito dinheiro.


Você só precisa de duas coisas:


Boa música
Uma forma de apresentar seus beats ao público

Se você planeja vender batidas, certifique-se de que vale a pena vendê-las.


Você preenche esses requisitos? Excelente!


Nesse caso, você pode transformar suas habilidades de criação de beats em um negócio lucrativo. Existem milhares de artistas dispostos a pagar pelo seu beat.


Mas vender beats online não se trata apenas de fazer música.


Você precisa de um plano para começar.


Como você fará com que sua música seja ouvida?

Como você vai fechar negócios e fazer os artistas pagarem por suas batidas?

Você veio ao lugar certo porque é isso que abordarei neste artigo.


Quem sou eu?

Sou o LR Beats, produtor musical e beatmaker há 9 anos, comecei a produzir em 2012, com apenas um notebook usado e meu quarto, hoje, já produzi diversos nomes do cenário como: Edi Rock, Rashid, Cacife Clandestino, Duzz, Drik Barbosa, Clara Lima, AKA Rasta, Sotam, Kweller, C4bal e muitos outros...


Comecei à vender beats em 2012, vendi meu primeiro beat em 6 meses, por R$70.


Em 2013, ganhei menos de R$1.500. Eu não tinha ideia do que estava fazendo...


Em 2014, ganhei R$16.432 e comecei a pegar o jeito ...


Em 2015, ganhei R$31.231 com a venda de batidas online.


Nesse ponto você poderia assumir com segurança que eu estava ganhando a vida fazendo música. Mas não foi o suficiente para mim.


Nos anos seguintes, automatizei e otimizei a maior parte do meu negócio de vendas tradicional. Eu fiz 6 dígitos com menos de 50 batidas no meu catálogo de Beats e trabalhando cerca de 20 horas por semana.


Eu construí uma lista de e-mail com milhares de clientes que compravam beats. Vendi mais de 15.000 batidas para artistas em todo o mundo. Consegui produzir grandes artistas, gravadoras e redes de televisão (SBT, MTV, etc.) Consegui até mesmo ficar nos trending topics com um lançamento e 3 dias no EM ALTA do Youtube (Lançamento Aquecendo a Nave)


E tudo isso começou como um hobby. Fazendo música no meu minúsculo quarto de estúdio. Simplesmente fazendo o que eu mais amo, dia após dia. Talvez, assim como você agora?


Hoje, estou administrando vários negócios (BeatmakersClub é um deles) e ainda ganhando milhares por mês vendendo batidas. Não estou dizendo isso para me gabar, estou apenas mostrando o que é possível.


Chega de falar sobre mim, vamos mergulhar nos detalhes.


O que você vai aprender neste Guia

Vamos falar sobre às vendas de batidas e por que você deve considerar entrar nesse mercado.

A verdade é que sempre pensei que estava atrasado para a festa. Comecei a vender batidas em 2012, mas gostaria de ter começado mais cedo.


Então, novamente, naquela época, era uma luta vender beats online. Lembro-me de conversar com produtores que me contaram sobre frustrações e dificuldades. Todo o processo foi complicado, para dizer a verdade.


Quando alguém comprava os arquivos de um beat, os produtores tinham que gravar os arquivos em um CD e enviá-lo aos artistas. Isso é muito trabalhoso, mesmo quando você faz apenas 2 vendas por dia. Não consigo imaginar ter que passar por isso todos os dias.


Mesmo quando o compartilhamento de arquivos foi introduzido no mercado. Não havia uma maneira fácil de enviar batidas automaticamente aos clientes.


Eu costumava acordar todas as manhãs e a primeira coisa que verificarava é quem comprou meus beats. Então, tinha que enviar um e-mail manualmente para aquele cliente com todos os arquivos de áudio.


Para nossa sorte, agora é muito mais fácil.


Agora temos plataformas de vendas online de sucesso, como BeatStars, Airbit e Soundcloud (Uso desde 2012), para citar alguns. Eles ajudam os beatmakers a administrar um negócio automatizado de vendas de beat.



Você pode se inscrever gratuitamente e começar a vender beats em sua plataforma em 30 minutos.


Essas plataformas de vendas de batidas oferecem a você uma loja de beats e um site pessoal onde você pode vender.


Um lugar onde você pode direcionar seus clientes e dar-lhes a oportunidade de comprar seus beats. Você nem precisa mais do seu próprio site (embora eu recomende comprar um).


Instagram, Facebook e YouTube são os lugares mais populares para vender batidas e construir uma base de fãs leais


É lucrativo?


Com certeza. Os beats são produtos digitais que você pode vender indefinidamente. As margens de lucro podem ser gigantes.


O fato de que os produtores ganharam mais de R$1.000.000 em um mês diz o suficiente sobre as possibilidades de ter um pequeno pedaço dessa torta.


Isso também prova que os artistas estão dispostos a pagar muito dinheiro pelas batidas hoje em dia.


Eu analisei os números para ver quanta receita o mercado de vendas tradicionais gera. Concluí que o mercado deve gerar pelo menos R$ 30 milhões por ano.


Mesmo se você conseguir 0,1% disso, ainda estará ganhando R$30.000 por ano.


Muitos motivos para começar a vender suas batidas online, não acha?


O lado negro das vendas de Beats


Se você for como eu, você viu uma dúzia de produtores ganhando 6 dígitos por ano com a venda de batidas. Isso parece muito promissor!


Lembra que eu disse que só ganhei R$1.500 em 2013?


Um ano depois, ganhei incríveis R$16.432. Sim, isso não era ruim - mas também não era bom. Você provavelmente ganha mais trabalhando em um escritório.


Desnecessário dizer que eu estava faminto por mais.


Quando você está construindo seu negócio, você vai conhecer com pessoas que dizem que existem tais métodos.


“Quer obter 1000 visualizações no YouTube hoje? Compre Agora!" ou “Obtenha 500 seguidores no Instagram por apenas R$25!”.


Não caia nessa merda! Aceitar ofertas como essas é uma jogada de curto prazo, geralmente com baixo retorno. Mesmo se você decidir comprar uma “promoção no YouTube” e obter 1.000 visualizações. Essas views nunca vêm de pessoas que têm interesse em comprar seus beats.


Uma regra geral é: se parece bom demais para ser verdade, provavelmente é.


Você pode iniciar um negócio de vendas online de beats, por conta própria, assim como centenas de outros produtores. Mas você tem que fazer o trabalho. Você tem que estar disposto a acordar todos os dias, criar novas músicas e ser consistente com sua presença online.


Ainda com dúvidas? Bom.


Para quem é este guia


Este guia não levará você de zero a R$10.000 da noite para o dia. Em vez disso, ele mostrará os primeiros passos para construir um negócio que tem o potencial de crescer para uma receita de 6 dígitos.


Não vou lhe contar histórias idiotas como: "Como ganhar 5 dígitos por mês, usando‘ esta estratégia secreta ’. Porque não existe.


Em vez disso, vou puxar as cortinas atrás da minha empresa. Estou compartilhando a mentalidade, as ferramentas, as estratégias comprovadas e o conhecimento que obtive ao longo dos anos, que venho vendendo online.


E se você quiser se aprofundar ou simplesmente não gostar de ler. Gravei um masterclass de como vender beats online para você. Onde eu abordo todos os tópicos neste artigo e mais. Você pode se inscrever aqui se estiver interessado.




Posts recentes

Ver tudo

©2018 por BeatmakersClub. Todos os Direitos Autorais Reservados.